Ação do ‘Maio Amarelo’ aborda a Operação Lei Seca em Arcoverde


No final da tarde desta quarta-feira, 15 de maio, a Autarquia de Trânsito e Transportes de Arcoverde – Arcotrans, em parceria com a Gerência Regional de Saúde – VI Geres, prosseguiu com as ações da Campanha Maio Amarelo. Na Praça da Bandeira, um dos trechos de maior circulação de veículos e motos no centro da cidade, a iniciativa contou com participação do educador de trânsito Carlos Eduardo, que devido a um acidente de moto sua perna esquerda amputada.
O educador da cidade de Olinda falou especialmente para um grupo de motoqueiros do município, sobre a importância da Operação Lei Seca (OLS) enquanto uma das principais armas contra a combinação de álcool e direção, sensibilizando os participantes sobre atitudes mais responsáveis enquanto se está dirigindo. A ação também contou com a presença do Sargento Diocleciano, esclarecendo motoristas sobre os perigos de dirigir com excesso de velocidade, além de exemplos relacionados ao respeito das faixas de pedestres e às sinalizações, bem como advertências envolvendo o uso de aparelho celular no volante.
“Na próxima sexta-feira (18), estaremos falando sobre a Operação Lei Seca para estudantes da Escola Municipal Freire Filho e do Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET), com o intuito de que as advertências inseridas pela OLS sejam entendidas e criem na comunidade estudantil o compromisso com a responsabilidade, para quando eles já estiverem devidamente habilitados e dirigindo”, ressaltou o diretor de articulação da Arcotrans, Adrovando Melo Moura.
A programação da campanha em Arcoverde também inclui até o seu encerramento, ações educativas em bares e restaurantes, com materiais de divulgação que serão disponibilizados pelos agentes e educadores, durante visitas aos estabelecimentos comerciais da cidade.
Fotos: Adrovando Moura/Arcotrans          
Adbox