O SILÊNCIO DAS RUAS Por: Luciano Pacheco


Sem oposição e sem o povo na rua, TEMER vai ficando e o Brasil afundando.
É impressionante como o povo está aceitando pacificamente e de camarote os últimos acontecimentos por quais passa o País.
O povo está dormindo em berço esplêndido e a crise econômica que aos poucos vai sufocando a grande maioria da população. Quem é pobre fica mais pobre e a classe média vai empobrecendo.
A cada semana mais um anúncio de aumento de combustível, gás de cozinha, energia elétrica, cortes e congelamento nos investimentos da saúde e Educacao, e etc.
O Brasil viu há pouco tempo as tempestades populares que se criava no País por conta de um aumento de R$ 0,20 (vinte centavos) na passagem de ônibus.
O povo invadiu as ruas pedindo a saída da presidenta Dilma do cargo, levados pelos seus adversários, revestidos com peles de cordeirinho, articulados pelos holofotes globais.
E agora? Vc que saiu nas ruas para protestar? Ou ainda que não tenha saído às ruas, mas apoiava em seu íntimo os movimentos, o que dizer dos constantes e reais aumentos de combustíveis? No aumento do gás de cozinha para a casa dos R$ 80,00? Os aumentos seguidos da energia elétrica ?
TEMER superou a primeira denúncia com o aval da Câmara Federal às custas de muito dinheiro distribuído entre os deputados. E aí o que o povo diz? Cadê os paneleiros? Cadê os caras pintadas? Cadê o MBL? Cadê Janaina Pascal?
No rojão que vai e nessa pisadinha, essa segunda denúncia também será sepultadas pela Câmara, principalmente porque o silêncio reina nas ruas. O povo parece anestesiado com tudo isso.
Como pode um relator ser escolhido na Câmara dos Deputados para ofertar um relatório sobre a nova denúncia contra TEMER, sendo este deputado aliado do governo e mais ainda, sendo do partido do presidente. Dai o relatório só poderia ser pelo arquivamento.
E O POVO FICA NA JANELA VENDO A BANDA (PODRE) PASSAR.

Nenhum comentário:

Adbox