Arcoverde: Bairro Por do Sol vira cenário de guerra com descaso de Prefeitura


A Rua Amaro de Albuquerque Padilha, anteriormente conhecida como Cassiano Manoel, localizada no bairro Por do Sol, Arcoverde, se transformou num cenário de guerra tantos são as crateras, buracos e abandono que vem prejudicando dezenas de moradores.

Em boa parte do trecho da rua, vários buracos de galerias abertos permanecem sem a reposição de calçamento e sem solução para o escoamento do esgoto. Para um dos moradores na rua a situação é de calamidade e total abandono. “Já cobramos várias vezes da prefeitura, vieram fazer um serviço e deixaram a rua completamente intransitável, prejudicando até a coleta de lixo, revela um dos moradores.

A coleta de lixo que acontece três vezes por semana, só veio acontecer após 5 dias, nesta quarta-feira, na referida rua e em outras artérias próximas.

Em um dos cruzamentos da Rua Amaro de Albuquerque Padilha uma grande cratera de esgoto e água de chuva vem causando temor nos moradores devido a proliferação do mosquito da dengue, Chikungunya e zika. O local transformou-se num poço que coloca em risco a vida dos moradores e dos motoristas que se habilitam a passar pelo local desviando de um outro buraco.

Segundo um dos moradores, que teve quase seu muro derrubado por um caminhão que caiu em um dos buracos da rua, a prefeitura até hoje não deu nenhuma previsão de solução para o problema. Pra completar, próximo ao Hospital Mens Sana uma galeria corre à céu aberto descendo em direção ao Fórum de Arcoverde.




Fonte: a folha das cidades  Fotos: a folha das cidades  

Adbox